25 dezembro 2011

SEM PALAVRAS

Uma história sem palavras!











“O que fazemos para nós mesmos morre conosco. O que fazemos pelos outros e pelo mundo permanece e é imortal."

21 dezembro 2011

SAUDADES!



ANUNCIANTE E MENSAGEIRA DA PAZ!

Eram aproximadamente 22:00 hs do dia 19/12/2008 e, coisa que raramente, ou nunca aconteceu, pousa na soleira da janela de meu apartamento, que fica no 8º andar, um pomba branca. Minha filha Vitória se preparava para dormir e rezava a oração do Espírito Santo!

Fato inusitado, nós à pouco tínhamos vindo Hospital São José em Criciúma SC onde lutava bravamente contra o câncer minha mãeZuleide Fernandes de Oliveira. Lá ficou a pombinha branca longo tempo não se importando com nossa aproximação nem com a luz do flash da câmera! Olhava-nos, e sem medo,
de lá não saía!

Pensei comigo, mas nada falei: "É a alma liberta de minha querida mãe que veio nos dar a última despedida". No outro dia 20/12/2008 pela manhã a notícia de seu falecimento que neste
dia completam 3 anos.

Alma liberta, alma completa, conduzida
nas brancas azas da pomba da paz!
Foi em paz! Minha querida mãe!

31 agosto 2011

O EXEMPLO QUE VEM DE CASA

IPAT/UNESC 01 de julho de 2011 - O exemplo que vem de casa!



Fotos tiradas em UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC
Instituto de Pesquisas Ambientais Tecnológicas - IPAT - Criciúma SC


Corte de algumas árvores com aproximadamente 20 anos que cresciam numa camada de argila sobre rejeito de carvão mineral, promovido nos arredores (pátio interno) dos laboratórios do Instituto de Pesquisas Ambientais Tecnológicas/IPAT/UNESC, para os trabalhos de "ajardinamento e embelezamento" (?????) para a inauguração do IPARQUE, cujo lema seria (...) visão de futuro, de 'produção de conhecimentos científicos e tecnológicos, com compromisso sócio-ambiental.' COM ESTE EXEMPLO? Me desculpem mas começaram muito mal!

Um amigo perguntou se eram exóticas ...nem atentei para o fato de serem exóticas ou nativas ...preferi ver que eram árvores! Os seres mais antigos do planeta terra! Que foram ali plantadas no pátio dos escritórios da antiga ICC numa camada fina de argila colocada sobre a pirita e bravamente resistiam. Boa oportunidade para estudar a resistência das espécies ...para sua utilização em projetos de recuperação ambiental.

Ainda não entendi o POR QUÊ? E o PARA QUE? Vamos esperar prá ver se serão plantadas outras heroínas no local, talvez com maiores condições de sobrevivência!


Mas depois da porta arrombada .....

FICA ENTÃO REGISTRADO O MEU PROTESTO!

Descrição das fotos no álbum do Facebook:

Foto 3Passei quase vinte anos sobrevivendo em 12 centímetros de solo argiloso 
colocado sobre rejeito de carvão mineral ...será que alguém me achou feia?

Foto 4: Só porque eu não consegui crescer igual as outras de minha espécie? 
Não é fácil crescer frondosa quando se tem pirita sob as raízes ...

Foto 5: O tal do bicho homem e suas máquinas poderosas ....eles ficam mais poderosos?

Foto 6: Cresci sobre o preto do carvão escondido por uma camada de argila e uma grama que conseguiu ficar verde 
...alguém me achou feia e me matou ...alguém ao menos pode me dizer POR QUE? PARA QUE?

Foto 7: Morri primeiro que o homem que me condenou à morte. Talvez fosse mais velha que um de seus filhos! 
Vivi lutando com dificuldades de alimentação e cuidados e sempre me virei sozinha ...
...tombei inocente pela insensatez.

04 maio 2011

A "pressão" da mídia funcionou.


Criciúma SC - 02/05/2011 13:45 - http://www.engeplus.com.br
ASTC intervém, enfim, na Itajaí

A excelente providência adotada pela ASTC (Autarquia de Segurança, Trânsito e Transporte de Criciúma) deveria ser padrão em tantos outros pontos "críticos" do sistema viário da cidade. Neste caso específico a "pressão" da mídia funcionou.

Mas cabe aqui ressaltar que mais uma vez o veículo obteve inquestionável privilégio sobre o pedestre. Reparei que a faixa de pedestre, a chamada "faixa de segurança" está ali pintada apenas para "constar" na decoração do asfalto. Difícil ao pedestre cruzar a faixa sem que sobre ela não esteja parado um veículo que queira adentrar ou cruzar a rua Itajaí. Apenas um "detalhe bobo", visto que aqui, se quer evitar as colisões de veículos que ocorriam por pura imprudência e imperícia dos condutores.

Os condutores e seus veículos, que tem a obrigatoriedade de parar, se respitassem a sinalização (que parece que estava ali só pra decorar o poste), pois, lembrando, a placa PARE significa PARADA OBRIGATÓRIA evitaria grande parte dos acidentes ali ocorridos. Não é uma opção para o condutor e sim de uma OBRIGAÇÃO. Sim, regra simples de trânsito: parar, olhar, prestar atenção, avaliar a distância do veículo(s) que vem pela Rua Itajaí e seguir com segurança.

E, pelo que me lembro já há vários anos esta sinalização está ali presente! Parece-me que não é um problema do sistema viário, neste caso. Trata-se de uma questão simples: falta de educação e falta de respeito às regras de trânsito pelos condutores. "Doença" crônica e contagiosa de difícil cura em nossa cidade, diga-se de passagem. Desnecessário demarcar qual a via preferencial pois, num cruzamento, mesmo que não houvesse sinalização alguma, a preferência é sempre de quem vem pela direita.

Só com educação e fiscalização intensiva e ostensiva da ASTC, com aplicação das devidas multas nos motoristas (que aqui parecem pilotos) poderemos começar a tentar mudar, as constantes e diárias visões que temos dos abusos praticados em nosso trânsito.

Bom ... numa cidade onde transitar e estacionar sobre uma praça central (área pública e bem público) ao lado e embaixo da placa que diz “PROIBIDO ESTACIONAR NA PRAÇA” (e precisava?), é "tolerado" e "socialmente aceito" não se pode esperar muito respeito à cidadania dos nossos condutores/motoristas/pilotos.


Fotos Jairo Viana – Domingo 17/04/2011 – 18hs e 40 min. 
Praça Nereu Ramos – Criciúma SC.

Respeitar as leis de trânsito é demonstrar o grau de educação e civilidade de um povo. TÊMO MALE!


O próximo acidente será culpa de quem?

Vou arriscar: DO MOTORISTA! Será que eu acerto?


Criciúma, 3 de maio de 2011
            Jairo Viana de Oliveira Jr.